sábado, 26 de maio de 2007

Grandes momentos do cinema I


25th Hour,
directed by Spike Lee.

PS. Edward Norton no seu melhor a mostrar porque é dos meus actores preferidos, num dos melhores filmes de sempre. Obrigado ao Cantinho das Artes por me fazer recordar este grande momento do cinema. Também eu me encontro numa de fuck it... or is it fuck me!

Ella

terça-feira, 22 de maio de 2007


A minha mãe dizia sempre que o melhor era esperar o pior para não sofrer. Lógica complicada, porque o pessimismo afinal. Não nos prepara para a desilusão coisa nenhuma. Coisa nenhuma te treina o sítio onde dói. Só saberás quando te doer. Até lá vais-te todo no desnecessário sofrer da antecipação. Sofrerás pois em duplicado, ou três vezes mais, ou todas as contas que saibas fazer. (...) Não quero esta razão que me nasce do medo, prudência de circunstância, espera o pior para não sofreres. Como se o coração se treinasse para os embates.

Mulher em Branco,
Rodrigo Guedes de Carvalho
Photo by Elliot Erwitt

sexta-feira, 18 de maio de 2007


O que é essêncial numa Amizade?
O RESPEITO.

respeito... do Lat. respectu; acto ou efeito de respeitar; reverência; deferência; consideração; apreço; importância...

Ella

domingo, 13 de maio de 2007

Deixa-me recordar...

Photo by Alfred Eisenstaedt, Trees in Snow (St.Moritz, 1947).

Estavam cada um na sua poltrona. As cabeças tombavam um para o outro. Dormiam. Serenamente dormiam. Não pude atrever-me a entrar, a quebrar-vos esse momento. Encostei a porta. Espreitei-vos secretamente por instantes retida nessa vossa paz. Retida nessa cumplicidade. Amor. Paz. Imagem gravada em mim.

Quando te perguntei se estavam ambos a dormir, respondeste:
- Eu não dormia estáva apenas a fazer-lhe companhia!

Ella

quinta-feira, 10 de maio de 2007

Je l'ai aimé! Je l'ai aimé! Je l'ai aimé!


18 realizadores, 18 histórias e muitas mais personagens perdidas por Paris. Encontros e alguns desencontros. Vida e morte. Realidade e fantasia. Paixão e sobretudo muito amor. Do Montmartre ao Quartier Latin.


Directed by: Olivier Assayas, Frédéric Auburtin, Gurinder Chadha, Sylvain Chomet, Ethan Coen e Joel Coen, Isabel Coixet, Wes Craven, Alfonso Cuarón, Gérard Depardieu, Christopher Doyle, Richard LaGravenese, Vincenzo Natali, Alexander Payne, Bruno Podalydès, Walter Salles, Oliver Schmitz, Nobuhiro Suwa, Daniela Thomas, Tom Tykwe, Gus Van Sant

Ella

quarta-feira, 9 de maio de 2007

Sometimes


PS. já não me lembro de que blog surripiei isto, se o seu autor por acaso passar aqui faça o favor de o reclamar.
Ella

terça-feira, 8 de maio de 2007

Dúvidas não existênciais...


Por que será que no cinema quando alguém morre essa pessoa consegue suster a morte por um fio pelo tempo estritamente necessário para fazer uma revelação surpreendente, ou declamar o seu amor eterno? Ora se alguns filmes pretendem ser uma imitação da vida tal como ela é, neste ponto qualquer semelhança com a realidade é pura ficção.

Ella

PS: a imagem não precisa de apresentações... ou precisa?

quinta-feira, 3 de maio de 2007

De hoje a oito...

VOU PARA AQUI
PASSEAR POR AQUI
SENTAR-ME NUMA DAQUELAS CADEIRINHAS...

A BEBER ISTO


MUAHAHAHAHAH ( riso maléfico e alarve à Dr. Evil )

Entretanto vou andar pelo País das Maravilhas, mais uma vez. Não respondo por mim!

terça-feira, 1 de maio de 2007


I like to think that the moon is there even if I am not looking at it.

Albert Einstein

Photo by Louis