segunda-feira, 27 de outubro de 2008

E o tempo voltou para trás...


"World Time Clock @ Alexander Platz, Berlin"
Photo by BB*


PS E eu esqueci-me... Lost in Translation... Lost in Time... This is Berlin!

sábado, 25 de outubro de 2008

A madrinha e o noivo

Pertencer ao sexo masculino tem algumas vantagens. Sem dúvida que entrar numa única loja e num suspiro escolher/provar/comprar toda a indumentária para um casamento é de homem. Nenhuma mulher faria o mesmo. Uma mulher visitaria no mínimo 2 ou 3 lojas mesmo que tivesse encontrado o vestidinho perfeito logo na 1º, pois há toda uma pesquisa de mercado que precisa de ser feita. 

- Sabes porque é que, segundo o protocolo, nestas ocasiões os homens se vestem todos de igual? - Schrodinger's Cat.

- Diz lá... - Ella.

- Para que as mulheres possam sobressair!

- Estou a ver... e facilitar a escolha!

E ali estávamos nós, dois miúdos de mochila (a mesma dos tempos de fcul - como tu tão bem notaste!) e sapatilhas (ténis para os alfacinhas!) a rir da vida com todo um futuro pela frente enquanto tu experimentavas o fato com que irás por amor, segundo uma fé que não é a tua, declarar o teu amor.

Mais tarde, enquanto íamos os dois numa conversa em tanta coisa igual a tantas outras que já tivemos - sonhos, vidas, planos, desejos e sonhos, muitos sonhos - dei por mim a pensar que quando era miúda e via as pessoas com a idade que tenho hoje designava-as como "pessoas crescidas", mas será que se nessa altura me visse como sou hoje também me designaria assim? Não se trata de maturidade mas de consciência do passar do tempo. Não sei explicar. O Schrodinger tinha uma bela frase para isso mas agora não me recordo - é da idade - mas tenho uma igualmente boa:

Eu não caminho, viajo.

Fernando Pessoa

PS. É impressão minha ou deveria estar stressada por ser madrinha e ainda não ter de todo toilette? Hum... só agora dei conta que faltam apenas duas semanas e eu não sou um homem! E para ajudar calço o 41-42!

Matando saudades e dando de beber ao espírito...








Fotos by Mystic's, 25 de Outubro de 2008


Morro de Amor pelas águas da Ria
Esta espuma de dor, eu não sabia
sou moliceiro do teu lodo fecundo
sou a Ria de Aveiro, o Sal do mundo
Vara comprida, tamanho da vida
Braço de mar, a lavrar, a lavrar

Morro de Amor nesta rede que teço
e é no Sal do Suor que eu aconteço

Para além da Salina, o horizonte me ensina

que há muito Mar, para lavrar, para lavrar


Fado Moliceiro: Carlos do Carmo



quinta-feira, 23 de outubro de 2008

And it happened again...

BB*- Guten Abend! Sprechen Sie Englisch bitte?
Funcionario- NO, I SPEAK GERMAN.


BB*- E se eu o esmurrace aqui, agora MESMO..??????


terça-feira, 21 de outubro de 2008

Sometimes it's good to be me...

Hoje, em quatro reuniões, duas foram com "gatas" de olhos verdes. Sweet! Ainda por cima uma com sotaque do norte, que me desarma completamente... Cada um com a sua pancada. As minhas são muitas e gosto dos pequenos "defeitos" que dão graça às mulheres. Não podem é ser todos ao mesmo tempo.

Não havia nenhuma música sobre olhos verdes excepto uma de ColdPlay e desses não me vão ver meter aqui nada. Fica a música do Green Hornet, que também aparece no Kill Bill (o melhor filme de sempre). Já agora. Para vocês, a côr do player é verde ou azul? Eu acho que é azul e por causa disto não tive um 100% num teste na primária porque a Dona Pilar diz que é verde. Em que ficamos?

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Petrificando a memória



Sinto o húmido aviso...
Depressivo e sentido.
Sinto-o quente, o sorriso...
Relampejando adormecido!

Áspero, o teu rosto...
Imaculado e bonito.
Entristece no desgosto...
Petrificando como granito.

Entoa na lembrança...
No eco intemporal!
Optimismo é esperança,
O pessimismo imortal!

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Tricky @ Club Maria am Ostbahnhof

Finalmente... TRICKY quebra o silêncio apos 5 anos de ausência e volta a atacar os palcos! "KNOWLE WEST BOY" é o nome deste seu ultimo album, nada mais do que uma celebração das suas origens Bristolianas; o bairro Knowle West nos suburbios de Bristol foi onde TRICKY cresceu. E assim aconteceu... ONTEM 8 de Outubro @ Club Maria BERLIN, assisti a uma vibrante actuação do TRICKY que conheci pela primeirta vez naquele concerto no Coliseu de Lisboa... anos e anos atrás. Atmosfera very very underground, ou melhor very underbridge... já que Club Maria se encontra quase debaixo da ponte! Nada fácil de encontrar para pioneiros como eu e mais alguns... mas agora já sei!



"There are so many artists around right now; I don’t think people are really worried about a Bristol scene or the Bristol sound. I really just took my time coming back because I actually got stuck in L.A. on September 11th. I was supposed to leave and then I couldn’t fly. So I just stayed put.”

TRICKY


Sim sim... não ha pressa... gostamos de ti na mesma!

"COME ON YOU WESTER!!!"


BB*

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

O meu Primeiro "Premiere"!

Na 6 feira passada *3 de Outubro* foi feriado nacional - o dia da Reunificação da Alemanha, por isso o fim-de-semana foi bem prolongaaaaaaaaado!!! Decidi deambular pela cidade à procura de animação e de eventos culturais. Estava frio e bem cinzento. Tal como era de esperar, a paródia concentrava-se maioritariamente em redor do "Reichstag" e "Brandenburger Tor" com concertos variados de bandas Alemãs. Houve até quem dissesse que o David Hasselhoff ia cantar... será verdade?!?!?! Não sei, nem quero saber...


Uma outra paragem obrigatoria num dia como este é a Potsdamer Platz. E não é que, para minha grande surpresa, na 6 feira *3 de Outubro* foi também "Premiere Day" e dia de carpete vermelha na Praça Sony Center? LINDO! O estrelato Alemão passeava-se pela carpete, em grande estilo! Uns quase corriam, tal era a vergonha de ser observado milimetricamente, outros demoravam-se, paravam, dois passos para a frente, dois passos para trás, sorriam para o horizonte (se calhar até eram famosos...?). Enfim, eu estava delirante e ria da cena toda. Melhor ainda, tive a sorte de encontrar um lugarinho mesmo MESMO à frente e partilhado com uma senhora de meia idade, mais que fã de tudo e todos! A sua "handbag" estava cheia de postais e fotos de todas as estrelas do mundo do cinema Alemão, e como seria de esperar, este não era o seu "Primeiro Premiere"... Assim sendo, tive a oportunidade de ter todas TODAS as estrelas à minha frente enquanto autografavam o baralho de postais desta senhora! E como turista que fui nesse dia da Reunificação da Alemanha, tinha a minha máquina fotográfica ali mesmo a mão.

"Krabat" featuring Daniel Brühl (Goodbye Lenin! 2003, The Edukators 2004) era a estrela mais aguardada. E de repente, ali estava ele, à minha frente e a sorrir para mim! Bem, para mim não, para a plateia de meninas e senhoras que gritavam por um autografo! ADOREI o meu Primeiro Premiere!



PHOTOS BY BB*

Para aqueles momentos...


Pois é, calha a todos (e não só aos músicos), momentos em que temos que enfrentar os nossos piores medos...em público! Piores medos porque temos que defender algo que é suposto sabermos, visto que ninguém nos pede o impossível (embora às vezes...). Temos que resistir à ideia de fugir com as pernas ao pescoço e desistir de tudo. Chamar-se-á coragem a isto? Ou apenas crescer? Enfim, é certamente uma oportunidade de sair do anonimato nem que seja por uns breves minutos e mostrar ao mundo que existimos, para o bem ou para o mal! Fugir para quê? Já dizia o outro -"Cresce e aparece!"

ps: Dá-lhes com força ELLA! May the force be with you.

Obi-Wan-LOUIS

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

And now she's back, from outter space...


Está de volta a saudosa PREMIERE e com ela o retomar da rotina mensal de a ler de uma ponta à outra ainda fresquinha. Fazia muita falta no mercado português. Eu pessoalmente já estava um bocado farto de levar o calhamaço do dicionário Francês-Português para o café quando queria ler a edição francesa. Com mudanças anunciadas, dia 2 nas bancas, a não perder. Para folhear devagar e prazeirosamente.