terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Daqui a 4 meses devo sentir-me assim...


Rollin Safari,
realizado pelos estudantes do Filmakademie Baden-Wuerttemberg.

Ps. Devo dizer que a chita/leopardo está bastante parecida com a minha cadela no dia em que decidiu atacar um saco com bacalhau para demolhar e bebeu litros e litros de água.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Brigadeiros nham nham!



Estes brigadeiros são uma deliciosa recordação das minhas festas de anos. Mas são também uma recordação do dia anterior ao aniversário passado na cozinha com a mamã a fazer doces, docinhos e salgadinhos. Estes foram feitos especialmente para o meu grande amigo X-Man, o primeiro dos camaradas de 80 a fazer 33. Espero que gostem, a receita veio directamente do Brasil. 

1 lata de leite condensado
2 colheres de sopa de manteiga
4 colheres de sopa de chocolate ou cacau em pó
1 tablete de chocolate

Colocar numa panela o leite condensado. Peneirar o chocolate/cacau em pó e mexer bem, quando estiver uniforme adicionar a manteiga. Colocar em lume brando e mexer sempre até ficar em ponto estrada. Tirar do lume e deixar arrefecer num prato previamente untado com manteiga. Quando estiver frio unta-se as mãos com manteiga e faz-se as bolinhas, se preferirem ou vos der mais jeito, podem fazer com a técnica das duas colheres. Os brigadeiros podem ser decorados com o que quiserem. Eu gosto de mascara-los de trufas e cobri-los com uma leve camada de chocolate ralado (fácil e barato). 

Experimentem, são delíciosos!


Photos by Louis!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Hormonas, segunda dose

Romy Schneider



Apesar de continuar à espera do tão anunciado gloom da gravidez já tive o segundo bloom, as borbulhas. Perfeito, sim senhora! Como se não bastasse ter passado por isto uma vez na adolescência! E claro, o que é que se ouve: É um rapaz de certeza! E porquê? Porque os rapazes fazem as mães feias! Mais uma vez a ciência a dar cartas. A minha mãe ia adorar ter ouvido isto!


terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Frustrações




Dos dias em que aquilo que queremos dizer e o modo como o dizemos parecem falar idiomas distintos. 
Dos dias em que na ânsia de andar para frente não saímos da mesma página.
Dos dias passados a olhar para o cursor do Word a piscar.
Amanhã será outro dia.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Eu tenho dois amores!


Amar é fazer o pequeno-almoço!


Esta foto é de 2009 muito tempo antes do Louis ter as suas mega máquinas... têm que lhe dar algum desconto! Mas dá para ver os progressos...

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Menino ou menina?













Menino ou menina? Esta é a grande questão do momento. Apesar de ainda ser muito cedo para desvendar o mistério todos querem saber os nossos desejos. Se bem que os nossos desejos têm muito pouco haver com a história. Para nós é indiferente. Nós queremos um bébé e com saudinha como se costuma dizer. Quem tem realmente desejos são as avós e ambas querem uma menina. A sogra por frustração de nunca ter tido uma e a minha mãe porque meteu na cabeça que só sabe educar  meninas.

Super Mamã (ou a mamã da pré-mamã): Então já fizeste as contas?
Pré-mamã: Já te disse que não vale a pena... Nunca sei quando é a minha ovulação, é impossível saber! Porquê? Gostavas que fosse menino ou menina?
Super Mamã: Gostava que tu soubesses o que tinhas feito. Agora assim...
Pré-mamã: Porque é normal as pessoas saberem?!
Super Mamã: Eu sabia. Quando vos fiz sabia.
Pré-mamã: E agora vais ter que te aguentar como o resto do mundo, sem saber.
Super Mamã: Bom... Então este fim-de-semana fazemos o teste da agulha e não se fala mais nisso.
Pré-mamã: Sim mãe, porque isso é tão científico!

No fim-de-semana fizemos o teste da agulha deu o mesmo para os dois... Menino. A minha mãe ficou triste mas rapidamente recuperou e foi comprar lãs a condizer com o presságio. Por mim não me importo, adoro azul e detesto o rosa pálido amaricado. Agora se for menina temo que irá abalar as convicções da minha mãe!

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Carnaval na cidade

De manhã foram os pequeninos que desfilaram a sua alegria por baixo da minha janela... Viva o Carnaval! De tarde foram os "grandes"... Pelo que percebi gritavam Acordo! Enfim...
Confesso que fiquei com saudades não do Carnaval em si mas de outros Carnavais. Daqueles em que nos reuníamos na manhã de sábado para decidir a grande máscara, arranjávamos os materiais e passávamos a tarde inteira a cortar, colar, cozer e pintar. Ao jantar comíamos qualquer coisa a correr porque os fatos ainda não estavam prontos. Lá para a meia-noite a coisa compunha-se e estávamos prontos para sair de casa e enfrentar o frio. Já passou algum tempo, não quero dizer uma década porque começa a ser deprimente, mas estas noites em que nos divertirmos ninguém nos tira.

Viva o Carnaval!









Photos by ella.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Hormonas



Eu que pensáva que TPM era mau. Abençoado. Fora a felicidade de estar grávida continuo à espera do gloom e do bloom que me prometeram. Até ao momento o único bloom foi no peito, agora com um tamanho aceitável. Não te preocupes isso passa no segundo trimestre, dizem-me. Ainda falta um mês! Um mês de dores de estômago e má disposição quer o estômago esteja cheio ou vazio, quer coma dieta ou não. E sono, muito sono.  E o pai? O pai come tudo. O pai pode tudo. Mas têm que aturar a mãe!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Oh please show me some mercy



Encontrei este pedaço de paraíso e estou cheia de vontade de o recriar aqui em casa!
Acho que este salivar constante só de olhar para as fotos deve ser efeito das hormonas... Ou então não! Pelo sim pelo não vou ali comer um quadradinho de chocolate.
Double chocolate cream tart... Aqui fica a receita desta tentação que não precisa de ir ao forno!

Boa semana para todos!

domingo, 3 de fevereiro de 2013

O princípio de uma viagem


Peter O'Toole and Romy Schneider


Uma das primeiras decisões que tivemos que tomar enquanto futuros pais foi se iriamos contar ou guardar segredo até ao fim do primeiro trimestre. Foi uma decisão fácil porque ambos sabíamos que não iríamos conseguir guardar tamanha alegria dentro de nós em segredo. Decidimos não contar a "toda a gente" mas às pessoas mais próximas.
Quando escrevi o texto em baixo disseram-me: não achas que ainda é um pouco cedo para estares a dizer a toda a gente? Na realidade nem pensei nisso... Até porque "toda a gente" não vê o meu blog e, fora aqueles que aparecem cá pelo azar de alguma pesquisa no google, quem vê ou é amigo ou não me conhece. O que é certo é que há esta espécie de estigma de que não podemos comemorar antes dos 3 meses, como uma espécie de superstição. 
Acho que é um decisão que cabe a cada casal e compreendo as razões de quem decide guardar segredo. No entanto para mim não faz sentido pois eu sei que, aconteça o que acontecer, as pessoas com quem o partilhei serão o apoio que irei precisar.