quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Candy Crush




Percebemos que o Natal está à porta quando os corredores dos supermercados se enchem de chocolates. E vão de os colocar logo à entrada... Sacanas! Enquanto tentava reencontrar os meus ursinhos adorados dos quais já tinha muitas saudades, esbarrei com estes Lindt Excellence. Foi amor à primeira dentada, deliciosos! O de morango é como mergulhar morangos em fondue de chocolate. E o de menta... NHAM. NHAM. A má notícia é que há uma série de sabores para descobrir! Bolas! Ainda nem chegámos a Dezembro!

Ps. Para os que ficaram decepcionados com o título do post... Sim, também somos viciados nesse jogo do demo!

terça-feira, 26 de novembro de 2013

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Prendas e prendinhas

A semana passada o Louis chegou a casa e eu e o mini-moi tínhamos uma pequena surpresa para ele... Um encomenda acabada de chegar. Quando abriu os seus olhinhos reluziram... Uma objectiva! 
Louis: UAU! Não posso acreditar!
Após alguns segundos de contemplação da caixa.
Louis: Mas espera lá... Isto é muito leve! Cuplens? O que é isso? Cuplens?
E quando abriu a pequena caixa... Charan! Uma caneca em forma de objectiva! Uma fantástica Caniam irmã gêmea da Canon... Caixa, botões de lado, e tudo e tudo e tudo! Uma pechincha no Odisseias.


Do iphone'zinho da ella.

Sempre gostei de oferecer prendas. E também sempre gostei de receber. Gosto de passar por algo que acho que alguém vai gostar e comprar assim sem razão. Gosto de fazer prendas. Gosto de oferecer prendas nos anos, no natal e quando me apetece só porque sim. E não, não é preciso ter dinheiro para oferecer prendas. Quando era pequena oferecia prendas aos meus pais e nunca me deram dinheiro para isso. Aliás, diariamente oferecia flores à minha mãe quando a ia buscar ao trabalho. Eram sobretudo pequeninas flores "daninhas" mas ela adorava ou fingia que adorava. O que quero dizer com isto é que muitas vezes o que guardamos do que recebemos é a atenção de alguém pensou em nós. Claro que, há presentes de que não se esquece... A primeira bicicleta, a primeira Barbie. Enfim... Em época de crise vale a pena puxar pela imaginação e ter alguma criatividade porque sabe bem dar.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Para começar a semana...

Um pouco de esperança trazida pela mão da ex-BB* (Bola de Berlim), agora PB* (Pastel de Belém)!

Don't give up!
Estamos quase lá...
Mas o quase ainda fica longe!
Bolas!

Feist feat. Timber Timbre

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Kit branco-mais-branco

Nos cursos de preparação para o parto muito se fala da mala da maternidade e em listas com mil e um tarecos que devemos ter quando a cegonha nos bate à porta. Em lado nenhum nos falam de um outro mais que essencial... O kit tira nódoas. Quando estava grávida a minha amiga menina dos lápis de cor  enviou-me o que poderia ser um dos dez madamentos da maternidade... O seu kit de sobrevivência!

Foto da menina dos lápis de cor.

Não menosprezem este pedaço de informação. Desenganem-se os que acham que por cheirarem sempre a bébé, os bébés são seres limpinhos! Não são. Bolsam por todo lado. Desafiam a tecnologia até das mais sofisticadas fraldas. Enfim... São pelo menos 2-3 mudas de roupa por dia. Vale-me a prática que adquiri nas muitas tardes passadas a vestir e despir nenucos, barbies e outros chorões.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Nunca se dorme demais

E dicas para fazer dormir criancinhas também nunca são demais...
Por mais estranhas que pareçam, se resultam só podem ser boas.



Aqui por casa tem resultado a doudou na cabeça, deitar de lado com umas palmadinhas no rabo, festinhas na cabeça e apesar de o secador funcionar nunca precisamos de o usar pois temos o substituto perfeito... O ressonar do nosso cão. Se duvidam é porque não o conhecem!
Telemóvel e micro-ondas desconhecia.